h1

Dia das Mães

05/04/2010

9 de maio de 2010

Amor de mãe muda?

Quando no ventre … é o amor da descoberta, do germinar, do ser a terra da semente.

Quando nasce … é o amor do sentir ali … parte de si … se ver e rever, em outro ser que da gente vem.

Quando cresce, descobre e desbrava o mundo … é o amor com os olhos do futuro, que aquele ser por nós gerado, vai em direção.

Quando se vai de nós … em busca dos seus caminhos … é o amor da benção, da estrela guia, que quer iluminar cada passo daquele filho que para a vida trilha.

Talvez não mude … talvez se transforme … pela força que cada momento necessita.

Talvez seja esse o grande Amor de Mãe, o amor à vida, àquele que de sua vida sai em busca de sua própria vida.

Arminda de Fátima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: